A atuação do cirurgião-dentista, vinculado a um programa de residência multiprofissional em saúde, no combate à COVID–19 na Atenção Primária à Saúde

relato de experiência

  • Jamille Souza Xavier dos Santos Fundação Estatal Saúde da Família (FESF-SUS/Fiocruz-ba)
  • Andresa Santos Silva Fundação Estatal Saúde da Família (FESF-SUS/Fiocruz-ba)
  • Leilane dos Anjos de Carvalho Fundação Estatal Saúde da Família (FESF-SUS/Fiocruz-ba)
  • Juliana Oliveira Soares Fundação Estatal Saúde da Família (FESF-SUS/Fiocruz-ba)
  • Síntique Priscila Alves Lopes Fundação Estatal Saúde da Família (FESF-SUS/Fiocruz-ba)
  • Marcela Beatriz Aguiar Moreira Fundação Estatal Saúde da Família (FESF-SUS/Fiocruz-ba)
Palavras-chave: Atenção Primária à Saúde, Equipe de Assistência ao Paciente, Odontólogos, Internato e Residência, Infecções por Coronavirus

Resumo

Identificado no final do ano de 2019, em uma cidade da China, o SARS-coV-2, agente da doença COVID-19, provocou um estado de pandemia e alerta global. No Brasil, o setor saúde transformou a dinâmica do seu processo de trabalho, inclusive da Atenção Primária à Saúde. Dentre os profissionais de saúde atuantes nesse nível de atenção, é fundamental destacar a essencialidade do cirurgião-dentista como ator no enfrentamento à COVID-19. Diante desse contexto, o objetivo do presente artigo é relatar a atuação de cirurgiões-dentistas, vinculados a um Programa de Residência Multiprofissional em Saúde, em uma Unidade de Saúde da Família, alocada em um município do nordeste brasileiro, no cenário da pandemia relativa à COVID-19. Trata-se de um relato de experiência de caráter descritivo e exploratório, desenvolvido pela Equipe de residentes do Núcleo de Odontologia, sob supervisão da preceptoria e apoio pedagógico vinculados ao núcleo profissional, no período entre março e junho de 2020. Para tanto, a trajetória metodológica percorrida apoiou-se na análise retrospectiva de estudos/normativas que tiveram enfoque na temática abordada, contribuindo para o processo de discussão e reflexão das experiências vivenciadas no contexto sanitário vigente. A partir da construção, em equipe, de um novo fluxo de atendimento na unidade de saúde, durante este período, gerou reflexões magníficas e que mereciam ser compartilhadas. Entrementes, identificou-se que esta categoria profissional se destacou no aprimoramento de habilidades de cuidado que extrapolam a cavidade bucal, principalmente no que tange ao acolhimento à demanda espontânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AVASUS: Conhecimento livre e aberto [internet]. Vírus respiratórios emergentes, incluindo a COVID-19 [citado 15 abr. 2020]. Disponível em: https://avasus.ufrn.br/local/avasplugin/cursos/curso.php?id=320.

Organização Mundial da Saúde [internet]. Fluxo de manejo clínico na Atenção Primária à saúde em transmissão comunitária [acesso em 15 de abril de 2020]. Disponível em: https://www.conasems.org.br/covid-19-protocolos-e-orientacoes-aos-profissionais-e-servicos-de-saude/.

Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS) (Brasil)[internet]. Atendimento odontológico no SUS. 2020. [citado 15 de abr. 2020]. Disponível em: http://website.cfo.org.br/wp-content/uploads/2020/03/COVID-19_ATENDIMENTO-ODONTOLOGICO-NO-SUS.pdf.

Ministério da Saúde (BR). Universidade Aberta do SUS. Atualização: orientações gerais ao paciente com COVID-19 na Atenção Primária à Saúde [internet]. 2020 [citado 15 abr. 2020]. Brasília, DF: MS. Disponível em: https://www.unasus.gov.br/cursos/curso/46168.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (BR). Nota técnica n. 04, de 30 de janeiro de 2020. Orientações para serviços de saúde: medidas de prevenção e controle que devem ser adotadas durante a assistência aos casos suspeitos ou confirmados de infecção pelo novo coronavírus (sars-cov-2).

Ministério da Saúde (BR). Portaria n. 580, 27 de março de 2020. Dispõe sobre a Ação Estratégica "O Brasil Conta Comigo - Residentes na área de Saúde", para o enfrentamento à pandemia do coronavírus (COVID-19). Brasília, DF: Diário Oficial da União; 30 de março de 2020.

Secretaria de Atenção Primária à Saúde (BR). Protocolo de manejo clínico do coronavírus (Covid-19) na atenção primária à saúde. 2020 [citado 15 abr. 2020]. Disponível em: https://www.saude.gov.br/images/pdf/2020/marco/20/20200318ProtocoloManejo-ver002.pdf. Acesso em 17 de maio de 2020.

Ministério da Saúde (BR). Nota Técnica Nº 9/2020-CGSB/DESF/SAPS/MS. COVID-19 e atendimento odontológico no SUS [internet]. 2020 [citado 17 maio 2020]. Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/documentos/COVID_19_ATENDIMENTO%20ODONTOLOGICO_SUS_APS_20200319_ver001.pdf.

Franco AG, Amorim JC, Carvalho GAP, Dias SC, Franco ABG. Importância da conduta do cirurgião-dentista frente à contenção e prevenção do Covid-19. Inter American J Med Health. 2020 abr;3: e202003011. https://doi.org/10.31005/iajmh.v3i0.86.

Pereira ML, Azevedo A. Da emergência de um novo vírus humano à disseminação global de uma nova doença: A COVID -19 – os desafios para a saúde oral [internet]. [s.d.] [citado 15 abr. 2020]. Disponível em: http://asset.youoncdn.com/ab296ab30c207ac641882479782c6c34/98c48d4df93f8ffcc282e7ec035216ed.pdf.

Comitê de Odontologia AMIB/CFO de enfrentamento ao COVID-19. Recomendações AMIB/CFO para atendimento odontológico COVID- 19. Departamento de Odontologia AMIB – 1° Atualização. Departamento de Odontologia AMIB–1 Atualização; março 2020.

Conselho Nacional de Saúde (BR). Resolução n. 466, de 12 de dezembro de 2012. Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2012.

Lucas AB, Freitas NA, Freitas FD, Ponte Neto AO, Lacerda RA, Cavalcante VOM. Sentimentos que transpõem a residência multiprofissional em saúde da família: relato de experiência. Sanare (Sobral). 2016;15(2):154-9.

Conselho Federal de Odontologia (BR). Resolução n. 226, de 04 de junho de 2020. Dispõe sobre o exercício da Odontologia à distância, mediado por tecnologias, e dá outras providências. Brasília, DF: CFO; 2020.

Bastos BRMS, Serra Clara A, Fonsêca GS, Pires FS, Souza CR, Botazzo C. Formação em saúde bucal e clínica ampliada: por uma discussão dos currículos de graduação. Rev ABENO. 2017;17(4):73-86. https://doi.org/10.30979/rev.abeno.v17i4.520.

Graff VA, Toassi RFC. Produção do cuidado em saúde com foco na Clínica Ampliada: um debate necessário na formação em Odontologia. Rev ABENO. 2017;17(4):63-72. http://dx.doi.org/10.30979/rev.abeno.v17i4.516.

Hayacibara MF, Lolli LF, Terada RSS, Hidalgo MM, Bispo CGC, Terada HH, et al. Experiência de Clínica Ampliada em Odontologia na Universidade Estadual de Maringá. Rev Bras Edu Med. 2012;36(1Supl.2):178-83. https://doi.org/10.1590/S0100-55022012000300026.

Moretti-Pires RO, Bueno SMV. Freire e formação para o Sistema Único de Saúde: o enfermeiro, o médico e o odontólogo. Acta Paul Enferm. 2009;22(4):439-44. https://doi.org/10.1590/S0103-21002009000400015.

Bazzi T, Melo SMP, Fighera RA, Kommers GD. Características clínico-epidemiológicas, histomorfológicas e histoquímicas da esporotricose felina. Pesq Vet Bras. 2016;36(4):303-11. https://doi.org/10.1590/S0100-736X2016000400009.

Reis WG, Scherer MDA, Carcereri DL. O trabalho do Cirurgião-Dentista na Atenção Primária à Saúde: entre o prescrito e o real. Saude Debate. 2015;39(104):56-64. https://doi.org/10.1590/0103-110420151040608.

Rodrigues AAAO, Fonsêca GS, Siqueira DVS, Assis MMA, Nascimento MAA. Práticas da equipe de saúde bucal na estratégia saúde da família e a construção (des)construção da integralidade em Feira de Santana-BA. Rev APS. 2010;13(4):476-85.

Xavier GM. A formação do cirurgião-dentista no contexto do sistema único de saúde: uma avaliação do ensino de odontologia [dissertação]. [Brasília, DF]. Universidade de Brasília; 2013. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/14868.

Araújo YP, Dimenstein M. Estrutura e organização do trabalho do cirurgião-dentista no PSF de municípios do Rio Grande do Norte. Cienc Saude Colet. 2006;11(1);219-27. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232006000100031.

Uchôa PA, Vasconcelos MVL. Percepção dos discentes sobre as práticas colaborativas em um estágio integrado em saúde. CIAIQ2018. 2018[citado 25 jun. 2020];1(Atas - Investigação Qualitativa em Educação). Disponível em: https://proceedings.ciaq.org/index.php/ciaiq2018/article/view/1649.

Merhy EE, Baduy RS, Seixas CT, Almeida DES, Slomp Júnior H. Avaliação compartilhada do cuidado em saúde: surpreendendo o instituto nas redes. 1a ed. Rio de Janeiro: Hexis. 2016. 448 p. (vol. 1).

Silva JAM, Peduzzi M, Orchard C, Leonello VM. Educação interprofissional e prática colaborativa na Atenção Primária à Saúde. Rev Esc Enferm USP. 2015;49(n. spec 2):16-24. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-623420150000800003.

Farias MR, Sampaio JJC. Papel do cirurgião-dentista na equipe de saúde da família. RGO Rev Gauch Odontol. 2011;59(1):109-15.

Souza MC, Araújo TM, Reis Júnior WM, Souza JN, Vilela ABA, Franco TB. Integralidade na atenção à saúde: um olhar da Equipe de Saúde da Família sobre a fisioterapia. Mundo Saude (São Paulo). 2012;36(3):452-60.

Publicado
17-07-2020
Como Citar
1.
Xavier J, Silva A, Carvalho L, Soares J, Lopes S, Moreira M. A atuação do cirurgião-dentista, vinculado a um programa de residência multiprofissional em saúde, no combate à COVID–19 na Atenção Primária à Saúde: relato de experiência. J Manag Prim Health Care [Internet]. 17º de julho de 2020 [citado 13º de agosto de 2020];12:1-16. Disponível em: https://jmphc.com.br/jmphc/article/view/993
Seção
Dossiê especial: Pandemia coronavírus, política e Atenção Primária à Saúde (APS)