Limitações do Estado Social Capitalista Contemporâneo

expropriações, acumulação, exploração e violência

  • Ivanete Salete Boschetti Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro – ESS/UFRJ
Palavras-chave: Capitalismo, Violência, Exploração, Expropriação

Resumo

Esse texto apresenta três ideias: 1) O sentido dos direitos e das políticas sociais na conformação do Estado Social no capitalismo e o crescente aumento da exploração e a pauperização da classe trabalhadora e daqueles que conformam um exército de reserva ou a superpopulação relativa em suas diversas formas, e estão submetidos cotidianamente aos processos de violentas expropriações de direitos; 2) A Condição do Estado Social no Brasil Hoje, nesse contexto de ajuste fiscal permanente, intensificado após o golpe de 2016 e após as eleições de 2018, que vem corroendo os direitos e políticas sociais conquistados em anos recentes, especialmente após a Constituição Federal de 1988; e 3) o sentido e importância da resistência e luta da classe trabalhadora na defesa de direitos, nesse contexto tão bárbaro, que exige que não nos calemos e nem nos curvemos diante das ameaças reacionárias e da imposição do medo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Marx K. Les crises du capitalisme. Bensaïd D, préface. Paris: Éditions Demopolis; 2009.

Marx K. A assim chamada acumulação primitiva. Vol. 1, Lv, 1, Tomo 2, O capital. São Paulo: Victor Civita; 1984. (Coleção os economistas).

Fernandes F. Capitalismo dependente e classes sociais na América Latina. 4a ed. São Paulo: Global Editora; 2009.

Mandel E. O capitalismo tardio. São Paulo: Nova Cultural; 1982.

Mandel E. A crise do capital: os fatos e sua interpretação marxista. São Paulo: Editora Ensaio; 1990.

Pachukanis EB. Teoria geral do direito e marxismo. São Paulo: Boitempo; 2017.

Mascaro AL. Apresentação ao dossiê marxismo e direito. Rev Margem Esquerda. 2018;(30):9-10.

Marx K. Os despossuídos: debates sobre a lei referente ao furto da madeira. São Paulo: Boitempo; 2017.

Bensaïd D. Os despossuídos: Karl Marx, os ladrões de madeira e o direito dos pobres: apresentação. In: Marx K. Os Despossuídos. debates sobre a lei referente ao furto da madeira. São Paulo; Boitempo; 2017.

Fontes V. O Brasil e o capital imperialismo: teoria e história. Rio de Janeiro: Editora UFRJ; 2010.

Polanyi K. A grande transformação: as origens da nossa época. Rio de Janeiro: Campus: 2000.

Boschetti I. Assistência social e trabalho no capitalismo. São Paulo: Ed. Cortez; 2016.

Boschetti I. Dívida pública e expropriação social. Rev Advir. 2017 [acesso 2018 dez 8];(36):37-49. Disponível: https://www.asduerj.org.br/images/advir/pdf_revista/ADVIR36comp2.pdf

Behring E. Crise do capital, fundo público e valor. In: Boschetti I, Behring E, Santos M, Santos SMM, organizadores. Capitalismo em crise: política social e direitos. São Paulo: Cortez; 2010.

Behring E. Estado no capitalismo: notas para uma leitura crítica do Brasil recente. In Boschetti I, Behring ER, Lima RLL. Marxismos, política social e direitos. São Paulo: Editora Cortez; 2018.

Teixeira S, Boschetti I. O fardo do radical ajuste fiscal para a classe trabalhadora sob a ótica das despesas do orçamento da seguridade social. Anais XVI Encontro Nac Pesqui Servico Soc. 2018;16(1):1-17. Disponível: https://periodicos.ufes.br/abepss/article/view/22082.

Publicado
13-04-2020
Como Citar
1.
Salete Boschetti I. Limitações do Estado Social Capitalista Contemporâneo: expropriações, acumulação, exploração e violência. J Manag Prim Health Care [Internet]. 13º de abril de 2020 [citado 3º de dezembro de 2020];12:1-13. Disponível em: https://jmphc.com.br/jmphc/article/view/980
Seção
Artigos de Debate