Saberes e práticas dos graduandos de enfermagem acerca da violência contra a mulher

Autores

  • Conceição de Maria Vaz Elias Centro Universitário UNINOVAFAPI

DOI:

https://doi.org/10.14295/jmphc.v5i2.212

Palavras-chave:

Recursos Humanos de Enfermagem, Violência contra a Mulher, Violência, Recursos Humanos em Saúde.

Resumo

Esse estudo tem por objetivo, compreender saberes e práticas dos acadêmicos de enfermagem acerca da violência contra a mulher no contexto de sua formação acadêmica; E analisar, conforme a percepção dos acadêmicos de enfermagem, a relação entre os conteúdos teóricos e pratica dos mesmos. A pesquisa caracteriza-se pela abordagem qualitativa utilizando técnica de produção de dados à entrevista foi realizada com 15 acadêmicos de enfermagem, matriculados no último período do curso. Os resultados foram agrupados em três categorias: conhecimentos atuais acerca da violência contra mulher, formação acadêmica frente à violência e condutas dos graduandos frente à violência. Concluiu-se há pouco conhecimento dos acadêmicos de enfermagem sobre fenômeno, e cujas informações são generalizadas e sem uma reflexão mais concreta sobre a temática, inclusive sobre as politicas de enfrentamento e ações de enfermagem. Assim, os órgãos formadores necessitaria adequar as seus currículos, e haver uma maior inserção da temática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

17-07-2014

Como Citar

1.
Elias C de MV. Saberes e práticas dos graduandos de enfermagem acerca da violência contra a mulher. J Manag Prim Health Care [Internet]. 17º de julho de 2014 [citado 29º de fevereiro de 2024];5(2):163-9. Disponível em: https://jmphc.com.br/jmphc/article/view/212