Reorganização do processo de trabalho da Atenção Primária à Saúde durante o enfrentamento da pandemia da COVID-19

relato de experiência

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14295/jmphc.v13.1136

Palavras-chave:

Pandemias, COVID-19, Atenção Primária à Saúde, Fluxo de Trabalho, Sistema de Saúde Comunitária

Resumo

O artigo tem como objetivo descrever a experiência da reorganização do processo de trabalho na Atenção Primária à Saúde para o enfrentamento da COVID-19, no estado do Pará. Estudo qualitativo, do tipo relato de experiência, realizado no ano de 2021, a partir das experiências de profissionais de saúde de distintas regiões do estado. Ao longo da pandemia no estado a APS passou por reorganização do processo de trabalho buscando minimizar os efeitos da pandemia na região. Em resposta a este cenário destacam-se as medidas de distanciamento social, visitas domiciliares, combate a fake news, teleatendimento, reorganização da agenda de atendimento ao usuário, implantação de fluxos para atendimento de síndrome gripal, integração com a vigilância em saúde, somando um conjunto de ações que foram capazes de reduzir o contágio pela COVID-19 em municípios paraenses. Este processo de reorganização do processo de trabalho da APS enfrentou as dificuldades peculiares da região amazônica como o fator renda, rede de serviços de saúde, escolaridade, escassez de insumos, alta rotatividade de profissionais de saúde e barreiras geográficas. A reorganização das equipes de atenção primária foi importante para atender as demandas da população na medida em que garantiu acesso a serviços básicos de saúde. Persiste ainda a baixa disponibilidade de testes para identificação do novo coronavírus, falta de resolutividade no setor diagnóstico e laboratorial e a frágil integração da APS com a vigilância em saúde, o que tem proporcionado desafios para o rastreamento e subnotificação de casos na população paraense.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diully Siqueira Monteiro, Universidade do Estado do Pará

Enfermeira. Residente no Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família, Universidade Estadual do Pará –UEPA, Belém, PA, BR

Sâmela Stefane Correa Galvão, Universidade Federal do Pará – UFPA

Enfermeira Especialista em Saúde da Família (UEPA). Coordenadora do Departamento de Atenção Básica (DAB) da Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (SESPA). Estudante do curso de mestrado pelo Programa de Pós-Graduação em Saúde, Ambiente e Sociedade na Amazônia (PPGSAS), Universidade Federal do Pará – UFPA, Belém, PA, BR

Layse Viana Figueiredo Garcia, Secretaria Municipal de Saúde de Chaves

Enfermeira especialista em Enfermagem em Centro Cirúrgico e CME. Mestre em Doenças Tropicais pelo Núcleo de Medicina Tropical da Universidade Federal do Pará. Secretaria Municipal de Saúde de Chaves (SEMSA), Chaves, PA, BR

Tamilis Feitosa Leal, Secretaria Municipal de Saúde de Belém (SESMA)

Enfermeira. Coordenação de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (SESMA). Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Pará – UFPA, Belém, PA, BR

João Victor Moura Rosa, Universidade Federal do Pará

Enfermeiro da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (SESMA). Especialista em Terapia Intensiva. Estudante do curso de mestrado em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF), Universidade Federal do Pará – UFPA, Belém, PA, BR

Sâmia Cristine Rabelo Borges, Secretaria Municipal de Saúde de Ananindeua

Enfermeira especialista em Saúde Pública, Gestão em Saúde e  Regulação em Saúde. Mestre Ensino em Saúde da Amazônia - ESA/UEPA. Assessoria Técnica em Atenção Primária em Saúde. Preceptora da Residência Multiprofissional em Saúde da Família – UEPA. Secretaria Municipal de Saúde de Ananindeua (SESAU), Ananindeua, PA, BR

Referências

World Health Organization. Coronavirus disease (COVID-19) pandemic: outbreak situation. Geneva: WHO; 2020.

Ministério da Saúde (BR). Protocolo de manejo clínico do coronavírus (COVID-19) na atenção primária à saúde. Brasília, DF: Secretaria de Atenção Primária à Saúde; maio 2020 [citado 10 fev 2021]. Disponível em: https://portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br/wp-content/uploads/2020/05/20200504_ProtocoloManejo_ver09.pdf

Medina MG, Giovanella L, Bousquat A, Mendonça MHM, Aquino R; Comitê Gestor da Atenção Primária à Saúde da Abrasco. Atenção primária à saúde em tempos de COVID-19: o que fazer?. Cad Saude Publica. 2020;36(8):e00149720. https://doi.org/10.1590/0102-311X00149720.

Johns Hopkins University. Dashboard by the center for systems science and engineering (CSSE) covid-19 [Website]. Baltimore (MD): JHU; 2020 [citado 19 set 2021]. Disponível em: https://coronavirus.jhu.edu/map.html

Coronavírus (covid-19). Google notícias [Website]. [local desconhecido]: Google; [c2020; citado 19 set 2021]. Disponível em: https://news.google.com/covid19/map?hl=pt-BR&mid=%2Fm%2F0d0k4&gl=BR&ceid=BR%3Apt-419

Secretaria de Saúde do Estado do Pará. Coronavírus no Pará. Belém: SESPA; 2020 [citado 15 mar 2021]. Disponível em: http://www.saude.pa.gov.br/coronavirus/

Giovanella L, Bousquat A, Schenkman S, Almeida PF, Sardinha LMV, Vieira MLFP. The family health strategy coverage in Brazil: what reveal the 2013 and 2019 national health surveys. Cien Saude Colet. 2021;26(suppl 1):2543-56. https://doi.org/10.1590/1413-81232021266.1.43952020.

Mendonça FD, Rocha SS, Pinheiro DLP, Oliveira SV. Região norte do Brasil e a pandemia de covid-19: análise socioeconômica e epidemiológica. J Health NPEPS. 2020;5(1):20-37. https://doi.org/10.30681/252610104535.

Vale EP, Rodrigues GM, Costa DP, Queiroz JM, Lima DG, Medeiros LPF, et al. Reorganização da rede de atenção à saúde para o enfrentamento da covid-19 no município de Canaã dos Carajás, Pará. APS Rev. 2020;2(2):83-90. https://doi.org/10.14295/aps.v2i2.101.

Santos J. Populações ribeirinhas e educação do campo: análise das diretrizes educacionais do município de Belém-PA, no período de 2005-2012 [dissertação]. Belém (PA): Universidade Federal do Pará; 2014.

Morais CG, Gomes IS, Lima JG, Costa TLS. Abaré I: reflexões sobre formação multiprofissional e saúde ribeirinha na atenção primária à saúde. J Manag Prim Healh Care. 2021;13:e011. https://doi.org/10.14295/jmphc.v13.1043.

Almeida ER, Brandão CC, Matielo E, Santana MA, Ugarte AO, Costa TS. Atenção básica à saúde: avanços e desafios no contexto amazônico. In: Schweickardt JC, El Kadri MR, Lima RTS, organizadores. Atenção básica na região Amazônica: saberes e práticas para o fortalecimento do SUS. Porto Alegre: Rede Unida; 2019. p. 15-50. (Série saúde e Amazônia; 8). https://doi.org/10.18310/9788554329266.

Lopes MVO. Sobre estudos de casos e relatos de experiências [Editorial]. Rev Rene [Internet]. 2012 [citado 11 set 2021];13(4):1. Disponível em: http://periodicos.ufc.br/rene/article/view/4019

Governo do Pará. Subdivisões [Internet]. Belém: SIC.PA; [data desconhecida; citado 20 set 2021]. Disponível em: https://www.pa.gov.br/pagina/54/subdivisoes

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Benevides: panorama [Website]. Brasília, DF: IBGE; c2017 [citado 20 set 2021]. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pa/benevides/panorama

Ministério da Saúde (BR). e-Gestor Atenção Básica [Website]. Brasília, DF: MS; 2021 [citado 20 set 2021]. Disponível em: https://egestorab.saude.gov.br/paginas/acessoPublico/relatorios/relHistoricoCobertura.xhtml

Bittencourt RJ. Testagem de rastreio e busca ativa de infectados assintomáticos pelo SARS-COV-2: a visão do planejamento em saúde pública. Comun Cien Saude. 2020:31:8-16. https://doi.org/10.51723/ccs.v31iSuppl%201.649.

Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará. Mural de licitações: consulta pública [Internet]. Belém: TCM-PA; c2017 [citado 20 set 2021]. Disponível em: https://www.tcm.pa.gov.br/mural-de-licitacoes/licitacoes/ficha/QT6FleORVSz00d#documentos

Centro Brasileiro de Estudos de Saúde. Frente pela vida cobra mais doses, mais recursos e adequada coordenação das ações para acelerar a vacinação contra a covid-19 [Internet]. [local desconhecido]: Cebes; 12 fev 2021 [citado 12 fev 2021]. Disponível em: http://cebes.org.br/2021/02/frente-pela-vida-mais-doses-mais-recursos-mais-coordenacao-contra-covid/

Ministério da Saúde (BR). Infecção humana pelo novo coronavírus. Bol Epidemiol. fev 2020 [citado 16 fev 2021];(2):1-23. Disponível em: https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/fevereiro/13/Boletim-epidemiologico-COEcorona-SVS-13fev20.pdf

Teixeira CFS, Soares CM, Souza EA, Lisboa ES, Pinto ICM, Andrade LR, et al. The health of healthcare professionals coping with the covid-19 pandemic. Cien Saude Colet. 2020;25(9):3465-74. https://doi.org/10.1590/1413-81232020259.19562020.

Cabral ERM, Bonfada D, Melo MC, Cesar ID, Oliveira REM, Bastos TF, et al. Contribuições e desafios da atenção primária à saúde frente à pandemia de covid-19. InterAmerican J Med Health. 2020;3:e202003012. https://doi.org/10.31005/iajmh.v3i0.87.

Haines A, Barros EF, Berlin A, Heymann D, Harris M. National UK programme of community health workers for covid-19 response. Lancet. 2020;395(10231):1173-5. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(20)30735-2.

Daumas RP, Silva GA, Tasca R, Leite IC, Brasil P, Greco DB, et al. The role of primary care in the Brazilian healthcare system: limits and possibilities for fighting COVID-19. Cad Saude Publica. 2020;36(6):e00104120. https://doi.org/10.1590/0102-311X00104120.

Ministério da Saúde (BR). Ofício n. 246, de 15 maio de 2020. Resultado parcial da campanha nacional de vacinação contra influenza: 2020. Brasília, DF: MS; 2020 [citado 11 jan 2021]. Disponível em: https://sei.saude.gov.br/sei/controlador_externo.php?acao=documento_conferir&id_orgao_acesso_externo=0

Savassi LCM, Bedetti AD, Abreu ABJ, Costa AC, Perdigão RMC, Ferreira TP. Ensaio acerca das curvas de sobrecarga da covid-19 sobre a atenção primária. J Manag Prim Health Care. 2020;12:e38. https://doi.org/10.14295/jmphc.v12.1006.

Turci MA, Holliday JB, Oliveira NCVC. A vigilância epidemiológica diante do Sars-Cov-2: desafios para o SUS e a atenção primária à saúde. APS Rev. 2020;2(1):44-55. https://doi.org/10.14295/aps.v2i1.70.

Ministério da Saúde (BR). Recomendações para os profissionais de saúde no âmbito das equipes de referência para a população do campo, floresta e águas referentes ao covid-19. Brasília, DF: Secretaria de Atenção Primária à Saúde; c2020 [citado 25 out 2020]. Disponível em: http://fi-admin.bvsalud.org/document/view/5ctvc

Downloads

Publicado

2021-12-20

Como Citar

1.
Pereira Átila AC, Monteiro DS, Galvão SSC, Garcia LVF, Leal TF, Rosa JVM, Borges SCR. Reorganização do processo de trabalho da Atenção Primária à Saúde durante o enfrentamento da pandemia da COVID-19: relato de experiência. J Manag Prim Health Care [Internet]. 20º de dezembro de 2021 [citado 17º de janeiro de 2022];13:e024. Disponível em: https://jmphc.com.br/jmphc/article/view/1136