Avaliação do estado nutricional de gestantes atendidas em uma unidade de estratégia de saúde da família de Rio Paranaíba, Minas Gerais

  • Juliana Nunes Ferreira de Alencar Universidade Federal de Viçosa
Palavras-chave: Gestantes, Avaliação Nutricional, Estado Nutricional.

Resumo

Durante a gestação ocorrem mudanças fisiológicas, metabólicas e alterações das necessidades nutricionais. No primeiro trimestre, a saúde do bebê irá depender do estado nutricional pré-gestacional da mãe, incluindo a demanda energética e também de vitaminas, minerais e oligoelementos. O segundo e terceiro trimestres integram outra etapa para a gestante, em que as condições ambientais também vão exercer influência direta no estado nutricional do feto. Este trabalho propôs avaliar o estado nutricional das gestantes atendidas na Estratégia de Saúde da Família (ESF)-São Francisco do município de Rio Paranaíba - MG. Foram coletas informações do cartão das gestantes: peso, altura, idade gestacional e pressão arterial para classificação do estado nutricional. Trata-se de uma pesquisa de caráter transversal e observacional, sendo composta por todas as gestantes que faziam acompanhamento na unidade no período de abril a julho de 2016, e que aceitaram participar da pesquisa. As gestantes atendidas possuíam faixa etária de 16 a 35 anos e a idade gestacional dessas variava de 4 a 42 semanas. Foram avaliadas 39 gestantes, das quais 11 apresentavam baixo peso, 13 gestantes eutróficas, 5 gestantes com sobrepeso e 10 gestantes com obesidade. Em relação a altura uterina 44% das gestantes apresentaram medida adequada, 4% abaixo do desejado e as demais acima do desejado. A maioria das gestantes apresentavam pressão arterial normal 120 x 80 mmHg, e apenas 8% das gestantes apresentavam pressão arterial 140 x 80 mmHg. Aquelas gestantes diagnosticadas com risco nutricional foram encaminhadas para o atendimento individualizado no Ambulatório de Atenção Nutricional - UFV/CRP. Ao analisar a classificação do estado nutricional das gestantes foi observado que a maioria destas se apresentam com estado nutricional inadequado (baixo peso, sobrepeso e obesidade), o que evidencia a necessidade de um nutricionista atuando e auxiliando na educação alimentar durante a gravidez. 

Publicado
05-01-2017
Como Citar
1.
de Alencar J. Avaliação do estado nutricional de gestantes atendidas em uma unidade de estratégia de saúde da família de Rio Paranaíba, Minas Gerais. JMPHC [Internet]. 5jan.2017 [citado 15jul.2019];7(1):91-. Available from: http://jmphc.com.br/jmphc/article/view/417
Seção
Seminários, Simpósios e Mesas Redondas