O Mapa Conceitual como ferramenta de ensino e aprendizagem significativa sobre o Sistema Único de Saúde

  • Rosângela Minardi Mitre Cotta Universidade Federal de Viçosa
  • Luciana Saraiva da Silva Universidade Federal de Viçosa
  • Rodrigo Mitre Cotta Hospital Santa Casa de Misericórida de Belo Horizonte
  • Fernanda Mitre Cotta Hospital Sofia Feldman
  • Mariana Araújo Pena Bastos Universidade Federal de Viçosa
  • Aline Aparecida de Oliveira Campos Universidade Federal de Viçosa
  • Juliana Costa Machado Universidade Federal de Viçosa

Resumo

O Mapa Conceitual (MC) destaca-se como metodologia ativa de ensino, aprendizagem e avaliação, estimula a participação do educando, desenvolvendo a autonomia e o comprometimento no processo de aprendizagem. O objetivo deste estudo foi apresentar um relato de experiência do uso do MC como ferramenta de ensino e aprendizagem significativa sobre o Sistema Único de Saúde (SUS), visando o exercício do aprender a conhecer e a conviver. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, que utilizou como método, o estudo de caso, tendo como referência os estudantes de graduação da área da saúde que cursaram a disciplina de Políticas de Saúde, nos semestres letivos dos anos de 2014, 2015 e 2016. A coleta dos dados ocorreu por meio da análise documental e depoimentos dos estudantes. A análise e o tratamento dos dados se deram por meio da análise temática. Segundo o depoimento dos estudantes participantes do estudo, o MC facilitou o aprendizado, propiciou a conexão entre os conteúdos, promoveu a compreensão dos conceitos chave, estimulou o pensamento crítico-reflexivo, o trabalho em equipe, a criatividade, a autonomia e o empoderamento, e promoveu a capacidade de análise e síntese, tornando o estudo dinâmico. Como fatores negativos, os estudantes apontaram a dificuldade no uso do programa CMapTools e os aspectos relacionados à demanda de tempo para sua construção.

Biografia do Autor

Rosângela Minardi Mitre Cotta, Universidade Federal de Viçosa
Doutora em Saúde Pública pela Universidad de Valencia, Espanha. Professora Associada do Departamento de Nutrição e Saúde da Universidade Federal de Viçosa (UFV).
Luciana Saraiva da Silva, Universidade Federal de Viçosa
Mestre em Ciência da Nutrição pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Nutrição da UFV.
Rodrigo Mitre Cotta, Hospital Santa Casa de Misericórida de Belo Horizonte
Médico pela Faculdade de Medicina de Barbacena (FUNJOBE), Barbacena, Minas Gerais. Residente de Ortopedia e Traumatologia no Hospital Santa Casa de Misericórida de Belo Horizonte.
Fernanda Mitre Cotta, Hospital Sofia Feldman
Médica pela Faculdade de Medicina de Barbacena (FUNJOBE), Barbacena, Minas Gerais, Brasil. Residente de Ginecologia e Obstetrícia no Hospital Sofia Feldman.
Mariana Araújo Pena Bastos, Universidade Federal de Viçosa
Mestre em Ciência da Nutrição pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Pesquisadora do Programa de Inovação em Docência Universitária – PRODUS/UFV.
Aline Aparecida de Oliveira Campos, Universidade Federal de Viçosa
Mestre em Ciência da Nutrição pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Nutrição da UFV.
Juliana Costa Machado, Universidade Federal de Viçosa
Doutora em Ciência da Nutrição pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Pesquisadora do Programa de Inovação em Docência Universitária – PRODUS/UFV.
Publicado
14-12-2016
Como Citar
1.
Cotta R, Silva L, Cotta R, Cotta F, Bastos M, Campos A, Machado J. O Mapa Conceitual como ferramenta de ensino e aprendizagem significativa sobre o Sistema Único de Saúde. JMPHC [Internet]. 14dez.2016 [citado 18jul.2019];6(2):264-81. Available from: http://jmphc.com.br/jmphc/article/view/306