Pré-natal odontológico: noções de interesse

  • Marília Rodrigues Moreira FORP-USP
  • Gabriela Cristina Santin
  • Leonardo Gontijo Matos
  • Danuze Batista Lamas Gravina
  • Juliana Pereira da Silva Faquim
Palavras-chave: Gestantes, Saúde Bucal, Protocolos Clínicos

Resumo

Apesar dos avanços na Odontologia, muitos cirurgiões dentistas ainda possuem a concepção de que o tratamento odontológico à gestante deve ser postergado e que procedimentos como tomadas radiográficas e anestesias não devem ser realizados. Entretanto sabe-se que nesse período a gestante constitui um grupo de risco uma vez que as mudanças hormonais, físicas e psicológicas podem desencadear um desequilíbrio à saúde bucal da mulher.  Dessa forma, o objetivo desta revisão de literatura foi esclarecer e atualizar as recomendações sobre o pré-natal odontológico. A literatura científica mostra que o atendimento odontológico as gestantes é seguro e que apresenta muitos benefícios, tanto para a mãe quanto para o próprio bebê.

Biografia do Autor

Marília Rodrigues Moreira, FORP-USP

Doutora em Odontopediatria pela FORP-USP

Professora e coordenadora dos cursos de especialização em Odontopediatria ABO-Uberlândia e Promove-Uberaba

Gabriela Cristina Santin
Doutora pela FORP-USP
Leonardo Gontijo Matos
Doutorando em Odontopediatria pela FORP-USP
Danuze Batista Lamas Gravina

Doutoranda em Odontopediatria

 

Juliana Pereira da Silva Faquim

Profa. Curso Técnico em Saúde Bucal ESTES/UFU

Tutora do Programa de Residência Multiprofissional em Sáude – Atenção em Saúde Coletiva - UFU

Pesquisadora Centro Colaborador em Vigilância da Saúde Bucal - Ministério da Saúde

Doutora em Saúde Pública FSP/USP

Publicado
16-08-2016
Como Citar
1.
Moreira M, Santin G, Matos L, Gravina DB, Faquim JP. Pré-natal odontológico: noções de interesse. JMPHC [Internet]. 16ago.2016 [citado 18out.2019];6(1):77-5. Available from: http://jmphc.com.br/jmphc/article/view/234