As Diretrizes Curriculares Nacionais e a formação do cirurgião-dentista brasileiro

  • Emílio Prado Fonseca Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS, ODONTOLOGIA, CURRÍCULO

Resumo

As Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) para o curso de Odontologia no Brasil foram instituídas em 2002 em paralelo aos cursos de enfermagem e medicina. Em termos específicos a formação do cirurgião dentista requer o desenvolvimento das seguintes habilidades e competências: ética; atuar em todos os níveis de atenção; de forma multiprofissional; reconhecer a saúde como direito; participativo e socialmente envolvido; conhecer técnicas de investigação; desenvolver assistência odontológica individual e coletiva; saber diagnosticar doenças do complexo maxilo-facial; realizar investigações básicas, promover a saúde e prevenir doenças bucais; analisar e interpretar os resultados relevantes de pesquisas; propor e executar planos de tratamento adequados; reconhecer as limitações e estar apto e flexível às mudanças circunstanciais; acompanhar e incorporar inovações tecnológicas no exercício profissional; dentre outros. O objetivo deste estudo é promover a reflexão sobre a importância do currículo para a formação profissional odontológica contemporânea. O objetivo deste estudo é estimular a reflexão sobre a importância do currículo para a formação profissional odontológica contemporânea.

Biografia do Autor

Emílio Prado Fonseca, Universidade Federal de Minas Gerais
Especialista em Gestão Pública dos Serviços de SaúdeEspecialista em Docência do Ensino SuperiorMestrado em Saúde Coletiva: Faculdade de Odontologia - UFMGFiscal de Saúde/Dentista Vigilância Sanitária - Divinópolis-MG
Publicado
06-01-2013
Como Citar
1.
Fonseca E. As Diretrizes Curriculares Nacionais e a formação do cirurgião-dentista brasileiro. JMPHC [Internet]. 6jan.2013 [citado 18jul.2019];3(2):158-7. Available from: http://jmphc.com.br/jmphc/article/view/154