Estudo clínico-epidemiológico da coinfecção tuberculose-HIV em uma cidade no interior maranhense

  • Lahize de Carvalho e Serra
  • José de Ribamar Ross
Palavras-chave: co-infecção TB/HIV. M. tuberculosis. Fatores de risco

Resumo

Este estudo teve como objetivo determinar os fatores associados à tuberculose em pacientes com HIV do município de Caxias – MA. . Para isso analisou-se os prontuários de todos os pacientes diagnosticados com HIV no município que desenvolveram tuberculose entre 2009 e 2011. A incidência da co-infecção foi maior em homens com mais de 40 anos, porém a relação homem/mulher entre a faixa etária de 20 a 29 anos é de 1:1. Todos que possuíam co-infecção ganham de 1 a 2 salários mínimos. A raça afro-descendentes foi predominante. Todos os casos apresentavam a forma clínica pulmonar como predominante. Em relação aos fatores clínicos, a maioria de co-infectados possuía alta carga viral e baixa contagem de linfócitos CD4. Cerca de 87% dos co-infectados foram re-infectados pelo M. tuberculosis e faziam uso de rifampicina no tratamento da tuberculose. Co-infection was more frequent (87.8%) among patients over 40 years of age and those with lower educational levels (less than eight years of schooling).Estes dados são importantes para prevenir o aparecimento de infecções oportunistas nos pacientes com HIV.
Publicado
06-01-2013
Como Citar
1.
Serra L, Ross J. Estudo clínico-epidemiológico da coinfecção tuberculose-HIV em uma cidade no interior maranhense. JMPHC [Internet]. 6jan.2013 [citado 23jul.2019];3(2):122-5. Available from: http://jmphc.com.br/jmphc/article/view/149