Desafios na utilização da caderneta de saúde da criança: entre o real e o ideal

  • Thaysa Gois Trinta Abreu
  • Lucian da Silva Viana
  • Carlos Leonardo Figueiredo Cunha Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil

Resumo

A Caderneta de Saúde da Criança (CSC) é capaz de reunir os mais importantes e significativos registros promovendo a vigilância integral à saúde infantil. O registro correto e completo das informações é um desafio permanente, para que a CSC cumpra seu papel. Portanto objetiva-se buscar na literatura quais os fatores que dificultam a utilização adequada da CSC pelos profissionais de saúde. Trata-se de uma revisão de literatura em periódicos, através das bases de dados LILACS, Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), Scielo, Bireme e Google acadêmico. A análise permitiu a identificação e organização de cinco categorias que evidenciam os principais fatores que dificultam a utilização adequada da CSC pelos profissionais de saúde, são essas: Ausência de capacitação para o uso correto da CSC, Tempo insuficiente, Indisponibilidade da CSC no serviço de saúde, A não utilização da CSC por todos os membros da equipe de saúde e Desvalorização e o desconhecimento das mães/família sobre a CSC. Considera-se então que os profissionais reconhecem a CSC como instrumento de comunicação, porém, alegam que enfrentam diversas dificuldades na utilização da mesma, e que seria necessário investimento e capacitação na formação dos profissionais que manipulam tal instrumento.
Publicado
06-01-2013
Como Citar
1.
Abreu T, Viana L, Cunha CL. Desafios na utilização da caderneta de saúde da criança: entre o real e o ideal. JMPHC [Internet]. 6jan.2013 [citado 20set.2019];3(2):80-3. Available from: http://jmphc.com.br/jmphc/article/view/142