O Journal of Management & Primary Health Care – JMPHC inicia suas atividades em 2010, com o foco na atenção primária à saúde, multi e interdisciplinar; é arbitrada por pares, pelo modelo duplo-cego e com sistema de publicação contínua (rolling pass). O conteúdo da revista está disponível com acesso aberto e livre. A revista é aberta a contribuições da comunidade científica nacional e internacional. O título abreviado da revista é J. Manag. Prim. Healh Care, forma que deve ser usada em bibliografias, notas de rodapé, referências e legendas bibliográficas.

Classificação Capes

O JMPHC está classificado para diversas áreas. Para conferir a classificação por área sugerimos a visita no site da Plataforma Sucupira (Qualis/Capes):

https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/veiculoPublicacaoQualis/listaConsultaGeralPeriodicos.jsf

Fontes de indexação

Diadorim (desde 2011)

Política editorial

Missão

O Journal of Management & Primary Health Care – JMPHC tem por missão promover a produção científica de qualidade e disseminar o conhecimento da área de atenção primária à saúde.

Visão

Ser uma publicação de qualidade científica reconhecida na área de atenção primária à saúde.
Ser uma publicação multidisciplinar, divulgando os diversos temas da área.
Oferecer subsídios científicos para auxiliar gestores de unidades e sistemas de saúde na tomada de decisão.
Consolidar a área de atenção primária à saúde e promover a permanente atualização das tendências do pensamento e de suas práticas.

Valores

Respeito a todos os atores envolvidos: editores, autores, revisores ad hoc, corpo técnico e leitores.
Democratização do acesso ao conhecimento.
Divulgação e socialização do conhecimento científico na área da atenção primária em saúde.
Estímulo ao desenvolvimento de pesquisas científicas.
Colaboração na formação de profissionais de atenção primária à saúde.

Escopo

O JMPHC é dirigido a pesquisadores, estudiosos e profissionais que se dedicam aos temas relacionados à saúde pública, em geral, e à atenção primária, mais especificamente, publicando trabalhos inéditos de pesquisa original, ensaio crítico, revisão de literatura, relato de experiência, debate, resenha, comentário, nos idiomas português, inglês ou espanhol, de autores brasileiros e estrangeiros.

A revista conta com as seções: Artigo Original, Ensaio Crítico, Revisão de Literatura, Relato de Experiência, Artigo de Debate, Resenhas e Comentário.

Os manuscritos que se enquadrem nas seções Artigo Original, Ensaio Crítico, Revisão de Literatura e Relato de Experiência passam pelo processo duplo-cego de avaliação por pares, garantindo a qualidade científica dos textos divulgados.

Os manuscritos que se enquadram nas seções Artigo de Debate, Resenhas e Comentário, não passam pelo processo de avaliação, sendo os autores, nestes casos, convidados pela editoria a escreverem para a revista. Mesmo assim os autores devem adequar o formato do seu manuscrito às regras de submissão.

Publicada em versão eletrônica, o JMPHC adota o sistema de divulgação contínua (rolling pass) de trabalhos, acesso livre imediato ao seu conteúdo, pelo respeito ao princípio democrático de disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público (via dourada).

Todos os autores deverão informar o número de registro do ORCiD*, ao submeter um manuscrito. Não serão aceitos autores sem registro.

*ORCiD (Open Researcher and Contributor ID) é um identificador digital internacional gratuito, projetado para facilitar a troca de informações entre o pesquisador, as agências de financiamento, universidades e editoras, proporcionando atualização automática do registro da produção científica e sua validação pela integração entre Crossref (DOI), Data Cite e ORCiD, além da maior visibilidade das atividades e publicações.

Financiamento

Desde 2018, volume 9, o JMPHC cobra taxa de publicação para os artigos aprovados, para o custeio da produção editorial, no valor fixo de R$ 350,00.

Questões éticas

O JMPHC baseia-se nas recomendações da Resolução 466/2012, do Conselho Nacional de Saúde (http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2013/res0466_12_12_2012.html) e do International Committee of Medical Journal Editors (http://www.icmje.org/).

Trabalhos que envolvam pessoas devem ter sido submetidos ao Comitê de Ética da instituição e devem estar em conformidade com os princípios contidos na Declaração de Helsinque da Associação Médica Mundial (1964, reformulada em 2013, disponível em: https://www.wma.net/policies-post/wma-declaration-of-helsinki-ethical-principles-for-medical-research-involving-human-subjects/).