Stress: fatores situacionais na central de atendimento ao cliente de uma instituição de ensino superior

  • Ana Patrícia Fonseca Coelho Galvão Faculdade Pitágoras http://orcid.org/0000-0003-3376-5678
  • Rafael Mondego Fontenele Universidade Ceuma
  • Zulimar Márita Ribeiro Rodrigues Universidade Federal do Maranhão
Palavras-chave: Estresse Ocupacional. Fatores situacionais. Trabalho.

Resumo

O trabalho por muitas vezes pode desencadear situações estressoras no cotidiano do trabalhador. A central de atendimento de uma instituição, um órgão que frequentemente recebe uma grande demanda de tarefas, este e vários outros fatores podem contribuir para o surgimento do stress no trabalho. Desta forma, o estudo objetiva-se identificar os fatores situacionais que influenciam no surgimento do stress na Central de Atendimento ao Cliente de uma instituição de ensino superior em São Luís – MA. Trata-se de pesquisa descritiva com abordagem quantitativa. Para a coleta dos dados elaborou-se um questionário com perguntas fechadas e Escala de Estresse Percebido (PSS 10).  Os principais fatores encontrados no presente estudo foram hora-extra induzida 62%, falta de motivação 60%, falta de reconhecimento 42%, ressarcimento de valores 44%, e carência de benefícios 40%. Com relação ao gênero os homens conseguem perceber o estresse em menor escala na sua vida em geral. Sobre os sintomas físicos, 77% da amostra têm apresentado dores osteomusculares, cansaço, dores de cabeça e insônia após a jornada de trabalho. Os dados obtidos ajudam a refletir sobre a importância da criação de políticas de prevenção do estresse e promoção da saúde dos trabalhadores.

Biografia do Autor

Ana Patrícia Fonseca Coelho Galvão, Faculdade Pitágoras
Departamento de Enfermagem. Área Saúde.
Rafael Mondego Fontenele, Universidade Ceuma
Área da Saúde.
Zulimar Márita Ribeiro Rodrigues, Universidade Federal do Maranhão
Departamento de Ciências Biológicas e da Saúde.
Publicado
20-08-2017
Como Citar
1.
Galvão AP, Fontenele R, Rodrigues ZM. Stress: fatores situacionais na central de atendimento ao cliente de uma instituição de ensino superior. JMPHC [Internet]. 20ago.2017 [citado 18nov.2018];8(1):27-8. Available from: http://jmphc.com.br/jmphc/article/view/296