Arte e saúde: contribuições para a compreensão da Rede Cegonha

  • Fábio Solon Tajra Docente do Departamento de Medicina Comunitária da Universidade Federal do Piauí (UFPI)
  • Angelo Brito Rodrigues Docente do curso de Enfermagem da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Campus Floriano
  • Ricardo José Soares Pontes Docente da Universidade Federal do Ceará (UFC), Faculdade de Medicina, Departamento de Saúde Comunitária
  • Francisco Herlânio Costa Carvalho Docente da Universidade Federal do Ceará (UFC)­, Faculdade de Medicina, Departamento de Sáude Materno-­Infantil

Resumo

A arte, ainda, tem sido pouco utilizada como recurso de expressão para as questões sociais. No entanto, acreditamos que a utilização deste recurso potencializa o processo de educação em saúde numa perspectiva dialógica e freiriana. Neste sentido, objetivamos apresentar um registro de expressão artística acerca da temática de Rede de Atenção à Saúde Materna e Infantil no estado do Ceará. Para isso, foi desenvolvida pesquisa avaliativa a partir da utilização de multimeios, dentre eles, entrevistas e versão de sentido. O produto deste processo investigativo e do registro das afetações do pesquisador nos diferentes encontros experenciados com mulheres, profissionais de saúde e gestores foram traduzidos por meio de uma poesia popular. Foi possível compreender a rede por meio de um cenário diverso em que a temática de peregrinação, ainda, estava presente no discurso das mulheres em diversos momentos e também era reconhecido por outros sujeitos. A partir desta produção, vale mencionar que os recursos de arte não podem ser considerados meramente como entretenimento. A poesia popular pode ser utilizada como recurso de reflexão crítica para potencializar o processo de transformação social e o cenário de práticas em saúde.

Biografia do Autor

Fábio Solon Tajra, Docente do Departamento de Medicina Comunitária da Universidade Federal do Piauí (UFPI)
Cirurgião-dentista. Docente do Departamento de Medicina Comunitária da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Doutor em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Ceará (UFC).
Angelo Brito Rodrigues, Docente do curso de Enfermagem da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Campus Floriano
Enfermeiro. Doutorando em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Ceará (UFC) / Docente do curso de Enfermagem da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Campus Floriano
Ricardo José Soares Pontes, Docente da Universidade Federal do Ceará (UFC), Faculdade de Medicina, Departamento de Saúde Comunitária
Médico. Doutor em Medicina Preventiva, no Departamento de Medicina Social da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP / Docente da Universidade Federal do Ceará (UFC)­, Faculdade de Medicina, Departamento de Saúde Comunitária
Francisco Herlânio Costa Carvalho, Docente da Universidade Federal do Ceará (UFC)­, Faculdade de Medicina, Departamento de Sáude Materno-­Infantil
Médico. Doutor em Medicina (Obstetrícia) pela Universidade Federal de São Paulo / Docente da Universidade Federal do Ceará (UFC)­, Faculdade de Medicina, Departamento de Sáude Materno-­Infantil
Publicado
20-08-2017
Como Citar
1.
Tajra F, Rodrigues A, Pontes RJ, Carvalho FH. Arte e saúde: contribuições para a compreensão da Rede Cegonha. JMPHC [Internet]. 20ago.2017 [citado 19set.2018];8(1):109-22. Available from: http://jmphc.com.br/jmphc/article/view/290