Compreensão das mães de uma estratégia de saúde da família no município de São João da Ponte/MG sobre aleitamento materno

  • Ana Luíza Quintino Spínola Faculdades Unidas do Norte de Minas
  • Eliane Campos Oliva Mont'Alvão Faculdades Unidas do Norte de Minas
  • Patrick Leonardo Nogueira da Silva Universidade Estadual de Montes Claros http://orcid.org/0000-0003-2399-9526
  • José Ronivon Fonseca Faculdades Unidas do Norte de Minas
  • Wilson Aguiar Filho Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca
  • Valessa Gizele Ramos de Oliveira Faculdades Unidas do Norte de Minas
Palavras-chave: Saúde Pública, Programa Saúde da Família, Saúde Materno-Infantil, Aleitamento Materno, Conhecimento.

Resumo

O aleitamento materno é a estratégia isolada que mais previne mortes infantis, além de promover a saúde física, mental e psíquica da criança e da mulher que amamenta. Objetivou-se identificar a compreensão das mães de uma estratégia saúde da família do município de São João da Ponte/MG sobre aleitamento materno. Trata-se de um estudo descritivo, observacional, com abordagem quantitativa, realizado com 31 mães cadastradas em uma unidade básica de saúde. Utilizou-se uma entrevista semiestruturada na qual o tratamento dos dados se deu por meio de estatística não paramétrica. Predominaram-se mulheres entre 18-27 anos, ensino médio completo, um salário mínimo, sem vínculo empregatício, companheiro estável e dois filhos; 90,3% relataram a prevenção de infecções como benefício da amamentação da criança; 51,6% relataram a prevenção de doenças como benefício para as mesmas; 93,5% afirmam que a criança deve mamar sempre que desejar durante o dia; 67,7% conhecem os direitos garantidos por lei para nutrizes com vínculo empregatício; e 87,0% amamentaram exclusivamente até os seis meses. Conclui-se que as participantes possuem conhecimento satisfatório sobre os aspectos gerais da amamentação devendo-se a equipe de saúde expandir a promoção desta prática.

Biografia do Autor

Ana Luíza Quintino Spínola, Faculdades Unidas do Norte de Minas
Enfermeira, Faculdades Unidas do Norte de Minas/FUNORTE, Montes Claros (MG), Brasil.
Eliane Campos Oliva Mont'Alvão, Faculdades Unidas do Norte de Minas
Enfermeira, Faculdades Unidas do Norte de Minas/FUNORTE, Montes Claros (MG), Brasil.
Patrick Leonardo Nogueira da Silva, Universidade Estadual de Montes Claros
Enfermeiro. Especialista em Saúde da Família e Didática e Metodologia do Ensino Superior, Universidade Estadual de Montes Claros/UNIMONTES, Montes Claros (MG), Brasil.
José Ronivon Fonseca, Faculdades Unidas do Norte de Minas
Enfermeiro, Professor Mestre do curso de Enfermagem das Faculdades Unidas do Norte de Minas/FUNORTE, Montes Claros (MG), Brasil.
Wilson Aguiar Filho, Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca
Enfermeiro, Mestre em Saúde Pública, Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca/ENSP/FioCRUZ, Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
Valessa Gizele Ramos de Oliveira, Faculdades Unidas do Norte de Minas
Enfermeira, Professora Mestre do curso de Enfermagem das Faculdades Unidas do Norte de Minas/FUNORTE, Montes Claros (MG), Brasil.
Publicado
20-08-2017
Como Citar
1.
Spínola AL, Mont’Alvão EC, da Silva PL, Fonseca J, Filho W, de Oliveira VG. Compreensão das mães de uma estratégia de saúde da família no município de São João da Ponte/MG sobre aleitamento materno. JMPHC [Internet]. 20ago.2017 [citado 18nov.2018];8(1):5-5. Available from: http://jmphc.com.br/jmphc/article/view/255

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##